Me voy de Viaje
www.turismotailandes.com

Kanchanaburi

Kanchanaburi, a 130 quiilómetros de Banguecoque, é conhecida especialmente pelo "caminho-de-ferro da morte" que durante a Segunda Guerra Mundial culminou na construção da ponte sobre o rio Kwai, em que se inspirou um famoso filme de Hollywood.

A ponte foi construída durante o período da ocupação japonesa, altura em que morreram muitos dos trabalhadores locais e dos prisioneiros aliados que trabalhavam na realização do caminho-de-ferro, devido aos problemas causados pelas duras condições de vida na selva. Para os vencidos, construíram-se dois belíssimos e imaculados cemitérios, nas proximidades das margens do rio, e nas suas lápides floresceram ramificações de exuberantes plantas de alcaparras.

Mas, para além das desagradáveis recordações da guerra, o território limítrofe tem muito a oferecer: montanhas selvagens, florestas pitorescas e enormes vales míticos, que se estendem até à fronteira com Myanmar; locais de interesse arqueológico, como os vestígios do período neolítico e as ruinas Khmer, com 800 anos; e a delegação militar ocidental do Império Khmer.

Uma visita a uma impetuosa cascata como a de Saiyoke Yai, a 70 quilómetros de Kanchanaburi, uma viagem flutuante sobre uma jangada de bambú ou numa canoa, ou uma visita às cavernas habitadas pelos homens do neolítico são algumas das opções a ter em conta.