Me voy de Viaje
www.turismotailandes.com

Los Templos

Banguecoque
Templo do Buda de Esmeralda
(Wat Phra Keo)
É o templo mais famoso da Tailândia e alberga o belíssimo Buda de Esmeralda, o mais venerado do país. A estátua, descoberta em 1464, provém de Chiang Rai, no Norte do reino, mas foi levada para Banguecoque pelo Rei Rama I e, desde esse momento, permanece no templo situado dentro do Grande Palácio. O Wat Phra Keo, nome do templo tailandês, foi planeado segundo o exemplo dos templos sagrados da antiga capital, Ayutthaya. É constituído por uma série de galerias adornadas com ilustrações pictóricas do Ramakien, um poema épico índio.

Templo do Buda de Ouro
(Wat Traimit)
Este templo merece uma visita, para se admirar a magnífica estátua do Buda de Ouro maciço, que aqui chegou depois de uma série de complicadas aventuras. Os investigadores remontam a sua origem há mais de 700 anos, ao período Sukhothai, quando a capital passou para Ayutthaya.

Durante a invasão da Birmânia, a estátua salvou-se graças a um revestimento em estuque que cobriu o ouro, evitando-se assim o saque. No período em que Banguecoque se torna a capital, a estátua foi levada para um templo remoto nas margens do rio e ali esteve esquecida durante anos.

Vinte anos depois, o abade do templo decidiu oferecer-lhe um lugar mais apropriado e mandou-a trasladar. Durante a mudança, a estátua caiu e abriu-se uma greta no estuque da cabeça. Num estranho sonho, o abade viu raios de luz brilhantes provenientes do estuque. De manhã, aproximou-se da estátua e, através da fissura do estuque da cabeça, pôde admirar o esplendor do ouro do Buda.

Templo do Buda Reclinado
(Wat Po)
O Templo do Buda Reclinado data do século XVI, embora tenha sido reconstruído por Rama I, em 1789. O Buda Reclinado, de barro e argamassa e coberto por uma camada de ouro, impressiona pelos seus 46 metros de comprimento e 15 metros de altura, com incrustações em madrepérola. Em Wat Po encontra-se, além disso, a escola de medicina tradicional.

Templo do Nascer do Sol
(Wat Arun)
Situado na margem Oeste do rio Chao Phraya, o Wat Arun, construído no século XVII, apresenta uma torre decorada com azulejos de cerâmica multicores. Com os seus 79 metros de altura é um dos pontos mais distintos da margem do rio. Nele permaneceu o Buda Esmeralda, antes da sua trasladação para Wat Phra Kaeo, em 1785.

Os Templos do Norte
Para apreciar e entender a cultura e o modo de vida do Norte, é fundamental uma visita aos seus templos. As graciosas formas e as proporções comunicam instantaneamente uma sensação de harmonia total, característica própria dos templos desta parte do país. As magníficas incisões das portas, as excelentes decorações e a devoção dos monges budistas para preservar tal património, conquistam qualquer um.

Chiang Mai
(Wat Changman)
É o mosteiro mais antigo da cidade. Durante a edificação da cidade, os seus fundadores dormiam neste mosteiro. Mais tarde, efectuou-se uma inscrição em pedra com a descrição da fundação de Chiang Mai, que foi guardada no templo. O interior do santuário é realmente único, sustido pelas cabeças de quatro elefantes em estuque.

Chiang Rai
(Wat Phra That Doi Tung)
O templo encontra-se no cume do Monte Doi Tung que, com os seus 2000 metros de altura, é o mais alto da província. Aqui, encontra-se sedeada uma sagrada relíquia do Buda e, por este motivo, o lugar é destino de uma peregrinação anual de devotos budistas, que chegam mesmo do vizinho Laos.

Mae Hong são
(Wat Chong Kham e Wat Chong Klang)
São dois mosteiros antigos que se encontram no centro da cidade, cujas bases assentam num enorme lago. Observando-os, a sensação que se experimenta é de tal maneira mística que, se Shangrilá tivesse que ter uma imagem, seria seguramente esta.

Sukhotai
(Wat Mahathat)
É o principal mosteiro de Sukhothai. Embora sem tecto e quase reduzido a ruínas, manifesta, contudo, todo o esplendor da arquitectura da antiga cidade.
No seu interior, encontra-se uma enorme estátua de um Buda sentado, rodeado por um pórtico cujo tecto se desintegrou. Um lago próximo, reflecte a arquitectura do templo, imprimindo ao lugar uma atmosfera surrealista. A arquitectura de Sukhothai integra um conjunto de diferentes estilos: influências Khmer e do Sri Lanka.

O Noreste
Os Santuários Khmer Nakorn Ratchasima
No distrito de Phimai, a  60 quilómetros de Nakorn Ratchasima, encontra-se o maior complexo de templos Khmer restaurado de toda a Tailândia, construído durante o reinado do Rei Suriyavoraman (A.D. 1002-1049). A cidade transformou-se em ruínas no decurso dos primeiros anos do século XII, período de declínio do antigo Império Khmer.